Praia do Campeche Florianópolis

Com três quilômetros e meio de extensão, a Praia do Campeche é muito frequentada por surfistas e kitesurfistas, devido as características do mar e vento, e pela galera jovem, principalmente na região do Riozinho.

Mas também recebe várias famílias e idosos. Na realidade, é uma das praias mais ecléticas e democráticas da Ilha.

A praia inicia nas proximidades da Lagoinha Pequena, limite sul da Praia da Joaquina, e finaliza no canto norte do Morro das Pedras, no extremo sul. Por não existir marcos geográficos que separe as três praias, dá para passear à vontade por vários quilômetros de areia.

A região da Praia do Campeche também é famosa pela paradisíaca Ilha do Campeche, localizada a cerca de 1,5 quilômetros da praia. Há vários passeios de barcos e escunas, especialmente para a Ilha, que saem da Praia da Armação, Barra da Lagoa e do próprio Campeche.

Lá você encontra sítios arqueológicos com inscrições rupestres e oficinas líticas, com mais de 4.500 anos e trilhas. Para que gosta de mergulhar, há passeios pelas trilhas subaquáticas conduzidos por monitores, onde podem ser avistados cavalos marinhos, anémonas e lindos peixes por entre as pedras.



Além de suas belezas naturais, a localização estratégica do Campeche facilita o deslocamento rápido para as praias tanto do sul quanto do leste da ilha.

Um dos visitantes mais ilustres do Campeche – homenageado com o nome da principal avenida do bairro, a Pequeno Príncipe – foi o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupèry. Durante a década de 20, Saint-Exupèry era o comandante de um vôo do correio francês que fazia escalas em um campo de pouso instalado no Campeche, o que certamente é um dos marcos históricos da comunidade.

Praia do Campeche Florianópolis Hotel e Pousadas

  • Pousada Do Capitão Floripa
  • Cris Hotel
  • Pousada Ilha Faceira
  • Pousada Paraíso do Campeche

Praia do Campeche Florianópolis O que fazer

São 11,5 quilômetros de praia, com faixa de areia branca, fina e larga. O mar do Campeche é grosso, com águas frias e de salinidade geralmente elevada. As ondas são fortes e as de direita com ondulação de sul proporcionam condições ideais para o surf, o que torna a praia um dos principais redutos do esporte em Florianópolis.

As dunas do Campeche abrigam uma área de 121 hectáres e são tombadas como Patrimônio Natural e Paisagístico do município. A área é um campo de dunas fixas, semi-fixas e móveis, situado ao longo da praia. Nestes locais encontra-se vasta vegetação de restinga, herbácea e arbórea; e também vegetação rasteira.

Naturalmente, o clima fica melhor no verão. Afinal, praia combina com muito sol e calor, né. Mas a alta temporada apresenta uma cidade ainda mais cheia, e a Ilha do Campeche também recebe mais visitas na estação. O inverno não é tão recomendado porque Floripa fica no sul do país, então pode fazer frio.

O momento ideal para visitar o local, então, pode ser mesmo as estações intermediárias: outono e primavera. Em ambas é possível pegar tempo bom sem estar muito lotada.

Como é uma ilha, não se pode esquecer de levar sua sunga ou biquíni, já que as praias são as maiores atrações de lá. Mas também existem trilhas, então é necessário apostar em roupas leves e adequadas para a caminhada no meio do mato.



O protetor solar é indispensável, enquanto repelentes são bem vindos. E a câmera fotográfica não pode faltar, né, para captar toda a beleza da Ilha do Campeche.

A vida noturna na praia do Campeche é muito agitada e com atrações para todos os gostos. Ao retornar da Ilha do Campeche, o turista pode descer na Barra da Lagoa e rumar para a Lagoa Conceição, por exemplo – sempre repleta de gente em busca das suas famosas boates, bares e restaurantes, considerada o bairro mais divertido da capital catarinense.

Em Campeche e na Armação, os outros pontos de desembarque, também não faltam alternativas, embora a estrutura não seja a mesma.

Quem estiver com disposição pode rumar para a Costa Norte, principalmente na badaladíssima Jurerê Internacional, com seus beach clubs. Neles, as festas rolam na praia durante o dia, mas muitas se estendem até depois do anoitecer.

É só escolher o que mais agradar e curtir, mas sem esquecer de descansar para muito mais diversão no dia seguinte, afinal, o nome Ilha da Magia não foi dado por acaso.

Os bares à beira-mar oferece opções diversas aos turistas, mas a especialidade dos bares da praia do Campeche são frutos do mar e sequência de camarão. Na rua principal de entrada na praia existem vários restaurantes, que ficam um ao lado do outro.

Tem sorveteria para se refrescar nos dias quentes e lanchonete com o saboroso e famoso açaí na tigela. No decorrer da praia existem poucos estabelecimentos. Somente na alta temporada tem muita barraca, com milho, batidinha, sucos, sanduíches naturais e etc.

Já no bairro, na Av. Pequeno Príncipe e Av. Campeche, lugares com diversas especialidades: vegetariano, churrascaria, hamburgueria, lanchonetes, sorveterias, sushi, pizzarias, comida italiana mais sofisticada, entre outros. Ou seja, tem restaurantes para todos os gostos. Aproveite!

Se você gosta de fazer trilhas, saiba que na praia do Campeche há 6 boas opções. Algumas das opções disponíveis só podem ser realizadas junto a um monitor ambiental.

As trilhas são pagas (algo entre R$10 e R$20), sendo o dinheiro utilizado para a manutenção da Ilha e o restante para o fundo de manejo da Ilha do Campeche.

No total são 6 trilhas, mas uma (caverna dos morcegos) está fechada por tempo indeterminado. A trilha mais longa só pode ser realizada após um agendamento prévio, e deve ser feitas por visitantes com bom condicionamento físico.

Praia do Campeche Florianópolis Fotos

Praia do Campeche Florianópolis Fotos

Mapa de localização